Fale conosco
Fale conosco
  • |
  • Tratamentos
  • |
  • Cirurgia bariátrica e metabólica
Tratamento: Cirurgia bariátrica e metabólica
Cirúrgia Bariátrica

Em relação ao índice de massa corpórea (IMC)

  • • IMC acima de 40 kg/m² , independentemente da presença de comorbidades.
  • • IMC entre 35 e 40 kg/m² na presença de comorbidades.
  • • IMC entre 30 e 35 kg/m² na presença de comorbidades que tenham, obrigatoriamente, a classificação “grave”, por um médico especialista na respectiva área da doença. Também é obrigatória a constatação de “intratabilidade clínica da obesidade” por um endocrinologista.

Em relação ao peso

  • Entre 16 e 18 anos: sempre que houver indicação e consenso entre a família ou o responsável pelo paciente e a equipe multidisciplinar.
  • Entre 18 e 65 anos: sem restrições quanto à idade.
  • Acima de 65 anos: avaliação individual pela equipe multidisciplinar, considerando risco cirúrgico, presença de comorbidades, expectativa de vida e benefícios do emagrecimento.

Em relação ao tempo da doença

  • Apresentar IMC e comorbidades em faixa de risco há pelo menos dois anos e ter realizado tratamentos convencionais prévios.
  • Além disso, ter tido insucesso ou recidiva do peso, verificados por meio de dados colhidos do histórico clínico do paciente.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica – SBCBM

Cirúrgia Metabólica

O conceito metabólico foi incorporado há cerca de seis anos pela importância que a cirurgia adquiriu no tratamento de doenças causadas, agravadas ou cujo tratamento/controle é dificultado pelo excesso de peso ou facilitado pela perda de peso – como o diabetes e a hipertensão – também chamadas de comorbidades.

As cirurgias diferenciam-se pelo mecanismo de funcionamento. Existem três procedimentos básicos da cirurgia bariátrica e metabólica que podem ser feitos por abordagem aberta ou por videolaparoscopia (menos invasiva e mais confortável ao paciente):

  • Restritivos – que diminuem a quantidade de alimentos que o estômago é capaz de comportar.

    Como é o procedimento?

    Neste procedimento reduz-se apenas o tamanho do estômago, diminuindo a quantidade de alimentos que o estômago é capaz de comportar. O paciente se sente satisfeito após ingerir uma quantidade bem menor de alimentos.

  • Desabsortivos - que reduzem a capacidade de absorção do intestino.

    Como é o procedimento?

    Neste procedimento cirúrgico é modificada a anatomia intestinal para reduzir a sua superfície absortiva.

  • Técnicas mistas – com pequeno grau de restrição e desvio curto do intestino com discreta má absorção de alimentos.

    Como é o procedimento?

    Nesse caso, associam tanto a redução do tamanho do estômago (restritivo) como do comprimento do intestino (desabsortivo). Desta forma, ocorre uma redução significativa da quantidade de alimentos que pode ser ingerida e da que pode ser absorvida pelo organismo. Estes procedimentos podem ser:

    • Mistos Restritivos - Restrição maior que desabsorção
    • Mistos Desabsortivos - Desabsorção maior que restrição
Equipe Cirúrgica
Contato

Envie sua dúvida, ou sugestão, teremos o maior prazer em atendê-lo.